Conteúdo

VALENÇA RECEBEU O WORKSHOP “EMPREENDEDORISMO E QUALIDADE”

Vice-Presidente, Ana Paula Xavier, participou na iniciativa

18 de novembro de 2021
O auditório da Escola Superior de Ciências Empresarias recebeu o workshop intitulado “Empreendedorismo e Qualidade", no âmbito do projeto Alto Minho 4.0, organizado pela Confederação Empresarial do Alto Minho (CEVAL).
Depois de um alargado conjunto de Webinares e cerca de 1000 participantes, a sessão Alto Minho 4.0 chegou a Valença para uma apresentação presencial.
A iniciativa contou com a presença da Vice-Presidente da Câmara Municipal de Valença, Ana Paula Xavier, com o Presidente da Confederação Empresarial do Alto Minho, Luís Ceia e com o Diretor da Escola Superior de Ciências Empresarias, Luís Barreto.

“É fundamental que as empresas da nossa região estejam atentas aos instrumentos de apoio que o quadro Portugal 2020 disponibiliza, particularmente o Sistema de Incentivos à Qualificação das PME. O projeto Alto Minho 4.0, que o CEVAL aqui apresenta e se enquadra nos referidos instrumentos de apoio, é uma excelente oportunidade para desenvolver as competências e aumentar a competitividade das pequenas e médias empresas. As empresas do Alto Minho vivem um momento de restabelecimento pós-pandemia, em que procuram recuperar as suas vendas, necessitando de explorar novos canais de distribuição dos seus produtos ou serviços no mercado e de otimizar a gestão de clientes. Para alcançar tal desiderato, impõe-se a capacitação das PME, que pode conseguir-se através do projeto Alto Minho 4.0”, afirmou Ana Paula Xavier na sua intervenção.

Disse, ainda, que “Valença dá o seu contributo para esta temática através da Fábrica do Empreendedor, entidade que pretende fomentar a criação de novas dinâmicas empresariais e económicas e potenciar o desenvolvimento de ideias de negócio. Mas, no Município, ambicionamos ainda mais. É nosso objetivo a concretização de uma incubadora de empresas em Valença, que acompanhe as diversas fases de desenvolvimento de um negócio, desde a sua fase embrionária até à sua colocação em marcha”, concluiu.

Cristina Vaz, Técnica de Empreendedorismo da Fábrica do Empreendedor de Valença, também participou na sessão, transmitindo que “em Valença existe uma preocupação crescente em apoiar as iniciativas empreendedoras uma vez que estas dinamizam o território, gerando postos de trabalho e consequentemente riqueza e sustentabilidade da região”. Terminou explicando que “a Fábrica do Empreendedor é um espaço de apoio, gratuito, nas áreas do Emprego, Empreendedorismo, disponibilizado à comunidade, às instituições e às empresas locais”.

As tecnologias da Indústria 4.0 trazem possibilidades transformadoras para todos os setores da economia, na medida em que interconectam, automatizam e tornam inteligente todo o processo produtivo, auxiliando na tomada de decisões e criando oportunidades de negócios.

Adicionar comentário