Conteúdo

ESCLARECIMENTO SOBRE DESLOCAÇÕES À GALIZA

29 de janeiro de 2022
Portugueses que permaneçam menos de 24 horas “não têm obrigação de registo”. A Junta da Galiza esclareceu que o registo dos visitantes que chegam a esta região, oriundos de Portugal, só é obrigatório para quem permanece mais do que 24 horas no território.
Ou seja, apenas os portugueses que queiram entrar na Galiza e ficar mais do que 24 horas são obrigados a comunicar a sua chegada e a registar os seus dados num site, visto que o país entrou, segundo anunciado pelas autoridades regionais, na lista de territórios considerados de “alta incidência” da pandemia de covid-19, classificação na qual vai ficar nos próximos 15 dias, data da próxima atualização.

Assim, portugueses que se desloquem à região por motivos de “trabalho ou reuniões” não têm a obrigação de registo e que “sendo que a declaração dos viajantes está pensada para as pessoas que vão permanecer na Galiza mais do que 24 horas”, refere a entidade.

Adicionar comentário