Conteúdo

AÇÃO PROMOCIONAL DO CAMINHO PORTUGUÊS DA COSTA PASSOU POR VALENÇA

17 de fevereiro de 2022
A primeira ação promocional, após a certificação do Caminho Português da Costa, decorreu ontem e reuniu os 10 municípios que fazem parte deste projeto juntamente com o Turismo Porto e Norte de Portugal (TPNP), Turismo de Galicia e a Sociedad Xacobeo.

A iniciativa arrancou, precisamente, no início do Caminho Português da Costa, na Sé Catedral, no Porto. Um caminho, ao longo do litoral do território português, que foi percorrido pelos autarcas dos 10 municípios que o integram, com paragens na Igreja de Santiago, em Castelo de Neiva, Viana do Castelo, na Torre do Relógio, em Caminha, e na Ponte Internacional Centenária de Valença. São 138 km da Sé Catedral até Valença.

Este percurso, que foi certificado no início deste mês pelo Governo, ficou marcado pela palavras "importância histórica e cultural", destacadas pelos intervenientes.

O presidente do Turismo do Porto e Norte de Portugal (TPNP), Luís Pedro Martins, destacou, ainda, o pacote de um milhão de euros destinado para o Caminho Português da Costa.

Por seu lado, Nava Castro, diretora do Turismo de Galicia reforçou a importância da união entre Portugal e Espanha mostrando-se “muito orgulhosa por conseguirmos unir, ainda mais, estes dois povos”.

O caminho passa por vários municípios, mas é em Valença que os peregrinos passam a ponte em direção a Tui. Depois de anos mais calmos, devido à pandemia, é esperado agora que o número de peregrinos volte a aumentar.

Para José Manuel Carpinteira, presidente da Câmara Municipal de Valença "esta iniciativa dinamizada pela entidade de Turismo Porto e Norte de Portugal vem reforçar a importância deste trajeto do Caminho Português da Costa e dar força à recente certificação pelo Governo Português. Esta é a consequência do intenso trabalho conjunto entre os municípios abrangidos pelo percurso e o Turismo Porto e Norte de Portugal, na valorização da passagem do Caminho Português da Costa por Valença”.

A nossa aposta nos Caminhos de Santiago é uma prioridade clara, como ficou demonstrado com a recente reabertura do Albergue Municipal e com a beneficiação, em curso, dos trajetos, da sinalética e das infraestruturas de apoio, assim como a conceção de uma escultura alusiva ao peregrino.

Esta é uma vertente turística que traz a Valença cerca de 100.000 peregrinos por ano, pelo que é fundamental aumentar a duração da estadia, promovendo a dinamização da economia local e a projeção de Valença enquanto destino preferencial dos Caminhos de Santiago”.

Adicionar comentário