Conteúdo

IKFEM CELEBRA 10 ANOS NA EUROCIDADE VALENÇA-TUI COM ESPETÁCULOS ÚNICOS

Maior carrilhão itinerante do mundo | 10 pianos na Ponte Internacional l Grande Piano - teclado gigante que se toca com os pés

14 de agosto de 2022
O IKFEM – International Keyboard Festival & Masterclass comemora 10 anos na Eurocidade Valença-Tui, entre 19 e 26 de agosto.
O primeiro festival transfronteiriço, que une as margens do rio Minho, apresenta um cartaz com 15 concertos, masterclasses e atividades paralelas em 12 locais emblemáticos de Valença – como, por exemplo, o Jardim Municipal, a Praça da República na Fortaleza e a Igreja de Santa Maria dos Anjos – e de Tui, como o Passeio Fluvial, a Praça de San Fernando da Catedral, o Passeio da Corredera e a Igreja de Santo Domingo.

Entre os destaques da programação estão Júlio Resende & Almo, um concerto único e inovador no Jardim Municipal de Valença, dia 25 às 21h30. O pianista e compositor faz-se acompanhar pelos cantores líricos Paulo Lapa (tenor) e Tiago Matos (barítono), uma simbiose perfeita entre jazz, improvisação e canto, uma sonoridade diferenciadora que faz jus à essência do Fado e do cancioneiro tradicional português.

Impactante será o concerto do maior carrilhão itinerante do mundo, LVSITANVS, que fará uma homenagem à música ucraniana, brasileira e portuguesa, dia 24, às 19h00, no Passeio da Corredera em Tui, e no Jardim Municipal de Valença às 21h30.

naugurado em Maio de 2015, este instrumento musical tem 63 sinos e pesa 12 toneladas. O carrilhão LVSITANVS pertence ao CICO - Centro Internacional do Carrilhão e do Órgão, fundado por Alberto Elias, Sara Elias e Ana Elias, que irá protagonizar este concerto.

O espectáculo “Il Grande Piano” também vai despertar a atenção do público, dia 21, às 16h00, na Praça da República, na Fortaleza de Valença; e às 23h00, na Praça da Catedral de Tui. Uma combinação de acrobacia e música, a cargo dos artistas de circo Edoardo Ramojno e Silvia Zotto, e do violeiro Manuel Benyacar. Trata-se de um teclado gigante, feito à mão, que se instala no chão e se toca com os pés, como se de uma dança se tratasse.

À semelhança do que aconteceu em 2017, a abertura da 10.ª edição do IKFEM acontece dia 19 às 21h30, na Ponte Internacional, com um espectáculo com 10 pianos.

Mas há mais: Pablo Carpintero & Rosa Sánchez (música tradicional), María Toledo (flamenco), Nuria Lorenzo & Alejo Amoedo (música clássica), Pablo Gómez Ábalos (música barroca e clássica), Dani (pop) e La Barca (pop de raiz).

Paralelamente realizam-se mini-masterclasses e showcases com os artistas do festival no novo espaço “O balcón de IKFEM/ A varanda do IKFEM” todas as manhãs, no Espaço Xove de Tui, com vista sobre Valença.

Ao longo de 10 anos, o IKFEM – International Keyboard Festival & Masterclass celebrou, na Eurocidade Valença-Tui, a música de teclados independentemente dos ritmos, da clássica ao rock, da barroca à electrónica, do fado ao flamenco. Além de música, o festival cruzou-se com outras disciplinas como a moda, o cinema e a gastronomia potenciando as sinergias entre as culturas.

Fundado em 2013 pela pianista e gestora musical Andrea González, através das associações Xuventudes Musicais Eixo Atlántico (Espanha) e Juventude Musical Eixo Atlântico (Portugal), com o objectivo de criar um espaço de enriquecimento cultural e promoção de novos talentos, e promover o intercâmbio entre Portugal e Espanha, o IKFEM tem como fio condutor os instrumentos de teclados – como o piano, fortepiano, órgão, concertina, cravo, acordeão, sanfona, keytar e piano electrónico – e oferece várias propostas culturais com um carácter transfronteiriço bem vincado.
 
A entrada para os concertos é livre, mas limitada à lotação.

Toda a informação em http://www.ikfem.com.

Adicionar comentário